14.6.12

PostHeaderIcon Cupcake de baunilha da Magnolia Bakery


Essa é a receita original dos cupcakes mais vendidos da famosa Magnolia Bakery de Nova York.


Ingredientes:
Para os cupcakes:
1 e ½ xícara de farinha com fermento
1 e ¼ xícara de farinha
1 xícara de manteiga sem sal, amolecida
2 xícaras de açúcar
4 ovos grandes, temperatura ambiente
1 xícara de leite
1 colher de chá de extrato de baunilha

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 190° C.
Em uma tigela pequena, combine a farinha. Reserve.
Em uma tigela grande, bata a manteiga em velocidade média até que fique macia. Adicione o açúcar aos poucos e bata até formar uma massa fofa, cerca de 3 minutos. Adicione os ovos, um de cada vez, batendo bem após cada adição. Adicione os ingredientes secos em 3 partes, alternando com o leite e a baunilha. A cada adição, bata até que os ingredientes se incorporem, mas não fique batido em excesso. Usando uma espátula de silicone, misture bem a massa na tigela, para garantir que os ingredientes estão bem misturados. Com cuidado coloque a massa nas forminhas, enchendo aproximadamente 3/4 . Asse por cerca de 20-25 minutos, ou até que ao fincar um palito ele saia limpo.
Deixe os cupcakes esfriarem por 15 minutos. Remova da forma e deixe esfriar totalmente antes de colocar a cobertura.

Cobertura buttercream de baunilha
1 xícara de manteiga sem sal, amolecida
6 a 8 xícaras de açúcar de confeiteiro
½ xícara de leite
2 colheres de chá de extrato de baunilha

Coloque a manteiga em uma tigela grande. Adicione 4 xícaras de açúcar e então o leite e a baunilha. Bata em velocidade média até que fique homogêneo e cremoso, entre 3 e 5 minutos. Gradualmente adicione o restante do açúcar, 1 xícara por vez, batendo bem depois de cada adição (cerca de 2 minutos), até que a cobertura esteja grossa o suficiente para que possa ser facilmente espalhada. Você pode não precisar adicionar todo o açúcar. Se desejar, misture algumas gotas de corante alimentício de sua cor de preferência. Use e armazene a cobertura em temperatura ambiente, pois tende a endurecer se refrigerada.

12.5.10

PostHeaderIcon Chocolate!

Follow my blog with bloglovin

“O chocolate era consumido pelos deuses no paraíso, e a semente do cacau foi dada aos homens como uma benção especial pelo deus do ar” mitologia mexicana.


Essa receita muito especial é a receita da bebida de chocolate como era feita e consumida pelos antigos maias e astecas.


Foram os maias, um povo da antiguidade cujos descendentes ainda vivem na América central, que descobriram as maravilhas do cacau nos idos dos anos 600 a.c. Eles viviam na península de Yucatan, uma área tropical onde hoje fica o Sul do México, onde as árvores de cacau cresciam em abundância.


Os maias faziam uma bebida que chamavam de “chocolatl”ou “xocoatl”, que consistia de grãos de cacau torrados, água e um pouco de tempeiro. Essa bebida era tão valorizada que o grãos de cacau eram usados como moeda.


A palavra chocolate é derivada do maia “xocoatl”, uma combinação dos termos “xoco” (espuma) e atl (água), sendo que o chocolate originalmente era consumido como uma bebida.


Vamos à receita? ;)


Ingredientes:


1 kg de grãos de cacau


Modo de fazer:


1- Torre os grãos de cacau em fogo aberto, sempre mexendo, até que eles estourem (apenas 75% devem estar estourados, senão os grãos podem queimar)


2- Descasque o mais rápido possível enquanto ainda estão quentes, pois os grãos frios são mais difíceis de serem descascados.


3- Triture os grãos com um pilão e socador (o óleo que será produzido tem um gosto amargo)


Você pode usar essa pasta resultante de duas maneiras: com o óleo, o que resulta em um sabor mais intenso, mas mais amargo, ou sem o óleo, para obter um sabor mais suave.


Com o óleo (tabletes de cacau cru):


1- Unte uma forma, espalhe a pasta e deixe descansar do dia para a noite


2- Pela manhã você terá tabletes endurecidos de cacau.


Sem o óleo (cacau em pó):


1- Coloque a pasta em um pano de tecido fino, feche o pano e esprema até que o óleo todo escorra. Quanto mais óleo for removido, melhor.


2- O resultado após esse processo deve ser similar ao cacau em pó.


O chocolate maia:


1- Adicione o pó ou os tabletes de chocolate (picado ou esmagado com o pilão) e misture com água fria.


2- Ferva a fogo médio, sempre mexendo.


3- Os maias costumavam adicionar ervas locais à mistura; mas dificilmente poderíamos reproduzir fielmente essas ervas que podem nem sequer mais existir.


O chocolate asteca:


1- Junte o pó ou os tabletes (já moídos) com água fria (os astecas refinaram a técnica maia ao moer um pó mais fino).


2- Adicione água apimentada (pique pimenta fresca e junte à água quente, fazendo uma espécie de “chá”), grãos/favas de baunilha e mel.


3- Deixe a mistura ferver, sempre mexendo. Quando começar a borbulhar retire imediatamente do fogo e deixe amornar.


4- Coloque novamente no fogo e mexa até ferver novamente.


5- Repita o processo de amornar e ferver.


6- Repita mais uma vez: isso torna o chocolate aerado, o que acentua o sabor.


Delicioso e totalmente viciante!


Fonte: Hub-Uk by Chef Tallyrand

11.5.10

PostHeaderIcon Paczki (bolinho polonês)

Que tal capricharmos na criatividade no chá da tarde de hoje? ;)

Essa delícia é um clássico bolinho da culinária polonesa, o nome vem da palavra pączek, que podemos traduzir como “doughnut” ou “rosquinha”, e se assemelha muito com o nosso adorado “sonho”. Na Polônia é um prato tradicionalmente consumido no dia anterior à sexta-feira santa, como um modo gostoso de usar todo o açúcar, ovos e frutas da casa, alimentos proibidos durante os jejuns do período da quaresma.

Essa receita precisa ser seguida cuidadosamente e rende cerca de 4 dúzias de Paczki.


1º Dissolva:

22 gr de fermento para pão em ¼ de xícara de água morna

475 ml de leite morno

Junte ao fermento e ao leite morno 3 xícaras de farinha e deixe crescer por cerca de 30 minutos, sua textura deve ficar parecida com a de uma esponja.


2º Misture:

475 ml de leite morno

115 gr de manteiga

2 colheres de sopa de gordura vegetal

½ de xícara de açúcar

2 colheres de sopa de whiskey


3º Junte os passos 1 e 2 com 6 ovos, uma pitada de sal, 9 xícaras de farinha e misture até ter uma textura perfeitamente homogênea.

Deixe a massa crescer até dobrar de tamanho, corte em pedaços de 60 gramas e forme bolas.


Coloque as bolinhas de massa em uma frigideira com óleo, deixe crescer por mais 30 minutos.


Frite a massa em óleo bem quente até que fique marrom nos dois lados, escorra em papel toalha para absorver o excesso de gordura.


Deixe esfriar um pouco e recheie usando um saco de confeiteiro. Passe no açúcar e aprecie com uma boa xícara de chá ou café.

O Paczki pode ser recheado com qualquer geléia de sua preferência.

Fonte: Food Editorials by chef Andrew Krause

10.5.10

PostHeaderIcon Spaghetti alla carbonara (Espaguete a carbonara)


Ingredientes:

400 gramas de espaguete

150 gramas de bacon

30 gramas de queijo pecorino (um bom queijo parmesão pode substituir)

2 ovos inteiros

Sal e pimenta a gosto


Modo de fazer:

Corte o bacon em cubos e frite em fogo baixo em uma frigideira, até que libere toda a gordura.

Bata os ovos em uma tigela e misture bem o queijo e a pimenta.

Cozinhe a massa em uma panela cheia de água com sal, depois junte ao bacon com a gordura derretida, acrescente a mistura de ovos e misture rapidamente, até que se torne homogêneo e o ovo cozinhe com o calor do espaguete.

Sirva imediatamente.


Fonte: Recipeland


7.5.10

PostHeaderIcon Fondue de queijo suíço


Fondue é um prato muito popular da culinária suíça que se espalhou pelo mundo todo e é particularmente apreciado nessa época de inverno. O nome do prato vem do verbo francês fondre, que significa derreter.

1 ½ xícara de queijo Gruyere picado (180g)

1 ½ xícara de queijo Emmental picado (180g)

½ xícara de queijo Appenzeller picado (60g)

2-3 colheres de sopa de farinha

1 dente de alho cortado ao meio

1 xícara de vinho branco seco

1 colher de chá de suco de limão fresco

1 pitada de Kirsch, um licor suíço (opcional)

Pimenta moída na hora a gosto

1 pitada de noz moscada

Pão com crosta crocante, cortado em cubos grandes

Modo de fazer:

Em uma tigela de tamanho médio combine os três queijos e junte a farinha.

Passe as metades de alho no fundo e laterais da panela de fondue.

Adicione o vinho e aqueça em fogo médio até que esteja quente, mas não deixe ferver.

Junte o suco de limão e o Kirsch. Adicione um punhado da mistura de queijos à panela de fondue, mexendo constantemente e não juntando mais queijo até que o anterior tenha derretido. Por fim acrescente a pimenta e a noz-moscada.

Tire a panela do fogo e coloque diretamente no queimador do aparelho de fondue à mesa. Ajuste a temperatura do queimador para que o fondue continue borbulhando suavemente. Servir com os cubos de pão.


Fonte: Recipezaar.com


Você quer fazer aquela receita clássica, mas tudo o que encontra na internet são variações? Então você veio ao lugar certo. Somente receitas originais, tratadas com o respeito que todo clássico merece. =)

Compre

Vinhos & Cia - Submarino.com.br

Busca

Carregando...

Seguidores

Siga também!

Follow Saudelicioso
Ocorreu um erro neste gadget
back to top